Os sinais de pontuação servem para:

  1. separar trechos da escrita (palavras, expressões, frases e orações) que devem ser evidenciados;
  2. indicar as pausas e a entoação da voz durante a leitura;
  3. eliminar as possíveis ambiguidades, isto é, sentido duplo.

Quanto à necessidade do emprego dos sinais de pontuação, afirmamos: eles são indispensáveis pelas razões acima expostas. Para você ter uma ideia da importância desses sinaizinhos, imagine-se no lugar do réu, depois de receber a decisão de um juiz conforme os períodos abaixo.

O tribunal condenou, eu não absolvo.
O tribunal condenou. Eu não, absolvo.

Pelos exemplos acima, vê-se que o réu poderá ser condenado ou absolvido. Tudo dependerá apenas de uma questão de pontuação! Ainda bem que tudo não passa de mera imaginação. Todavia, percebeu-se a importância real dos sinais de pontuação.

Para você desenvolver natural habilidade no emprego dos sinais de pontuação, e não haver mais nenhuma dúvida sobre o assunto, a exigência é o conhecimento de análise sintática.

Não existem regras rígidas sobre o emprego dos sinais de pontuação, uma vez que não há unanimidade quanto ao seu uso entre os escritores e gramáticos. Por isso, dar-se-ão aqui as normas já consagradas pelo uso geral na língua escrita.